domingo

Beijo negado.

Não te beijo mais!
Não,
que eu não queira!
Não,
que eu não deseje!
Não,
que não tenha sede!
Não te beijo mais!
Mesmo que te ame,
que te penetre as entranhas,
que seja à francesa,
não te beijo mais.
Porque não é isso que queres!
Teus beijos são pra ti própria,
Pra tua revolta, pros teus medos.
Menos pra mim,
que tenho andado sempre à tua volta!
Não te beijo mais!
Meu beijo partiu-se,
mas meu desejo por ti
permanece inteiro!


Agora clique e escute o autor:


Esse texto pertence à obra “A Centaura e a Esfinge” protegida por direitos autorais sob nº 340454/EDA – Fundação Biblioteca Nacional.

5 comentários:

REGINNA MOON disse...

"Jorge, voce tem o belíssimo dom da escrita, sensibilidade, alma de poeta.Palavras de confortam, fazem pensar, orientam, calam, falam ao coração..."

BEIJOS!!!
Sua admiradora...
Sonia Reggina - 28/08/08
(REGGINA MOON)

Stella disse...

SIMPLESMENTE LINDO...........
QUE DOM!!!
BEIJOS
STELLA

Maluk disse...

Jorge
Voce é maravilhoso!!!
deve ter uma alma especial.
Parabén!

Beijo aqui não é negado
Com carinho

Marluce

Ana disse...

Ouvi todas as poesias, mas essa foi a que mais gostei, ficou muito lindo ! Tudo perfeito!
Um beijo grandão!
Ana

Gizele disse...

Parabens Jorge!!!!